Projeto Pedagógico do Curso

O profissional formado no curso de Engenharia Agrícola e Ambiental deve estar apto a aprender continuamente, analisar criticamente e compreender limites e impactos do conhecimento científico e suas tecnologias no campo das ciências, hábil tecnicamente, sem prescindir dos requisitos humanísticos, éticos e solidários para o trabalho e a vida em sociedade. Ao compreender e aplicar, durante a formação universitária, conhecimentos sobre questões socioculturais em interação com o campo das ciências, em perspectiva interdisciplinar, o estudante adquire uma prática social mais rica e efetiva, capaz de promover mudanças sustentáveis nas condições de vida da comunidade.

Nenhum conteúdo disponível até o momento

Os egressos do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenheiros Agrícolas e Ambientais, estarão aptos, no âmbito profissional, a desempenhar funções onde se requer uma formação superior especifica para meio rural. Considerando o perfil pretendido e de acordo com as competências e habilidades a serem desenvolvidas, o egresso poderá atuar especificamente nas seguintes áreas:

a. Estudar a viabilidade técnica e econômica, planejar, projetar, especificar, supervisionar, coordenar e orientar tecnicamente; b. Realizar assistência, assessoria e consultoria; c. Dirigir empresas, executar e fiscalizar serviços técnicos correlatos; d. Realizar vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e pareceres técnicos; e. Desempenhar cargo e função técnica, no setor privado ou público; f. Promover a padronização, mensuração e controle de qualidade; g. Atuar em atividades docentes no ensino técnico profissional, ensino superior, pesquisa, análise, experimentação, ensaios e divulgação técnica e extensão; h. Conhecer e compreender os fatores de produção e combiná-los com eficiência técnica e econômica; i. Aplicar conhecimentos científicos e tecnológicos; j. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos; k. Identificar problemas e propor soluções; l. Desenvolver, e utilizar novas tecnologias; m. Gerenciar, operar e manter sistemas e processos; n. Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica; o. Atuar em equipes multidisciplinares; p. Avaliar o impacto das atividades profissionais nos contextos social, ambiental e econômico; q. Conhecer e atuar em mercados do complexo agroindustrial e de agronegócio; r. Compreender e atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário; s. Conhecer, interagir e influenciar nos processos decisórios de agentes e instituições, na gestão de políticas setoriais. t. Desenvolvimento do empreendedorismo, com inovações científicas, tecnológicas em diferentes setores do comércio; u. Atividades de pesquisa em Ciência e Tecnologia, principalmente na área de Ciências Agrárias, inclusive por meio de estudos em nível de pós-graduação stricto sensu e/ou lato sensu; e v. Curso de pós-graduação stricto sensu na área correlata da formação superior concluída, podendo ser na UFSB ou outras instituições.

Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Baixar Arquivo
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - e33c4dc5c916.inst1