Projeto Pedagógico do Curso

O bacharel em Som, Imagem e Movimento da UFSB deverá apresentar um perfil que reflete e amplia, no âmbito de uma atuação profissional mais específica, o perfil do primeiro ciclo de sua formação, na Licenciatura ou no Bacharelado Interdisciplinares em Artes. Trata-se não somente de contiguidade, mas também de complementaridade em relação às práticas interdisciplinares, interepistêmicas e interculturais anteriormente desenvolvidas, agora com a agregação de uma ampla gama de recursos estéticos, técnicos e conceituais específicos do trabalho com as artes do som, da imagem e da imagem em movimento. Preserva-se aí, ainda, a forma consciente, democrática, ética e qualificada com que lida com diferentes saberes e práticas das comunidades tradicionais ou periféricas ao seu redor, sendo capaz de reconhecer sua complexidade sociocultural e tendo como horizonte o potencial transformador da atuação em ambientes digitais e em rede.

Esse artista-cidadão crítico, autônomo, autor e pesquisador de sua própria prática reconhece-se como sujeito em processo de formação permanente e se abre às práticas não hegemônicas das artes do som, da imagem e da imagem em movimento, com vistas a uma relação estendida com as possibilidades de realização estética e engajamento na contemporaneidade.

Nenhum conteúdo disponível até o momento

1. compreender criticamente o panorama das artes e das mídias contemporâneas, identificando nos processos em curso modos de subjetivação e dominação tecnológica e cultural, bem como potencialidades criativas e emancipatórias para comunidades e atores sociais diversos;

2. assimilar criticamente conceitos que permitam a apreensão e a formulação de teorias;

3. empregar tais conceitos e teorias em análises críticas da realidade, posicionandose segura e autonomamente do ponto de vista ético-político;

4. dominar conjunta e/ou separadamente as linguagens sonoras, visuais e audiovisuais, experimentando e inovando no seu uso;

5. dominar os processos de produção, gestão e interpretação sonoras, visuais e audiovisuais, em sua perspectiva de atualização tecnológica;

6. resolver problemas profissionais de sua área de atuação, formulando alternativas factuais e conceituais diante de questões concretas;

7. desenvolver pesquisa científica e tecnológica nas artes do som, da imagem e da imagem em movimento, objetivando a criação, a compreensão, a difusão e o desenvolvimento da cultura sonora e visual;

8. saber trabalhar em equipe, desenvolvendo relações que facilitem a realização coletiva de uma obra ou produto;

9. conhecer a legislação do campo da produção em som, imagem e imagem em movimento;

10. dominar o processo de distribuição e exibição de obras e produtos, entendendo como funciona a indústria e os circuitos regionais, nacionais e internacionais das artes e mídias;

11. conhecer as fases do processo criador no âmbito do som, da imagem e da imagem em movimento, em suas aplicações conjuntas e/ou separadas;

12. ter domínio de processos e perspectivas interdisciplinares para gerar composições e recomposições tendo como horizonte as linguagens literária, fotográfica, sonora, audiovisual e gráfica e identificando as características particulares dos diferentes suportes midiáticos que as carregam;

13. estimular criações sonoras e visuais (instituídas ou emergentes) e sua divulgação como manifestação do potencial artístico, objetivando o estímulo à inventividade, o engajamento ético-político e o aprimoramento da sensibilidade estética dos diversos atores sociais e comunidades;

14. atuar nos diferentes espaços artísticos e culturais disponíveis no entorno do egresso;

15. refletir criticamente sobre sua prática profissional.

Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Baixar Arquivo
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - 9b93845ea577.inst1