Banca de QUALIFICAÇÃO: CRISTIANE RABELO SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CRISTIANE RABELO SANTOS
DATA : 17/07/2019
HORA: 08:30
LOCAL: CSC - Sede
TÍTULO:

INFRAESTRUTURA VERDE PROPOSTA PARA MELHORIAS DO DESEMPENHO AMBIENTAL E REDUÇÃO DE CUSTOS NA UFSB


PALAVRAS-CHAVES:

Infraestrutura verde, Ecoeficiência, Economia Circular, Arquitetura
Bioclimática, Green Buildings, Universidades Sustentáveis, Eficiência Energética


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Diante dos dados publicados pelo conselho mundial do Desenvolvimento Sustentável, WBCSD sobre a escassez de recursos, haverá apenas um décimo dos recursos naturais, é o conhecido “FATOR 10” (WBCSD, 2017), citado por pesquisadores das Ciências Ambientais nos relatórios sobre a equação mestra dos impactos ambientais. A realidade brasileira nos últimos dez anos sinaliza cenários de extrema escassez de água e agravamento da crise energética nacional. A falta de iniciativa para buscar soluções dos problemas que agravam a crise energética atrasa a criação e a aplicação de inovações em tecnologias ambientais no país, praticadas por várias nações, nas quais é incentivado o uso de energias limpas através das políticas públicas com metas claras e compensações para quem as utiliza, como as negociações em troca de moeda de carbono e incentivos fiscais. A falta de geração de energia elétrica no Brasil a partir de formas alternativas, menos poluentes agrava a crise energética e o cenário de escassez de recursos projetado para as próximas décadas, o que motivou a revisão literária sobre as boas práticas ecoeficientes e os resultados publicados pelo Ranking mundial UI Green Metric (UI GM, Indonésia, 2017), índice focado em medir os esforços em sustentabilidade nas universidades. Entre as boas práticas pesquisadas, foram escolhidos como estudos de casos a USP e a Freie Universität Berlin (FUB) que implantaram práticas ecoeficientes que resultaram em reduções de impactos socioambientais, através das energias renováveis, economia circular e consumos conscientes. Entre os 17 objetivos, direcionados ao Desenvolvimento Sustentável (DS), registrados no pacto global (OMS, 2018), foram selecionados cinco destes objetivos para serem associados à Economia Circular (EC): Saúde e Bem Estar, Água e Saneamento, Energia Limpa, Cidades e Comunidades Sustentáveis, Consumo e Produção responsáveis. O resultado desta pesquisa é uma proposta de planejamento urbano ambiental para o campus, no qual nada se perde, tudo se transforma para tornar o CSC um Laboratório Vivo de Sustentabilidade. As 26 ações ecoeficientes propostas estão direcionadas ao

Desenvolvimento Sustentável regional, de modo que extrapolem os limites dos ambientes de ensino e possam ser multiplicadas para a cidade e o Sul da Bahia. Na discussão dos resultados, destaca-se a importância da campanha educativa inclusiva que contempla a sinalização para a prática do consumo consciente com base na Educação Ambiental Crítica (EAC) para formar os alunos, agentes multiplicadores que poderão sensibilizar comunidades e vizinhanças através do exemplo, replicando no cotidiano, as práticas ecoeficientes propostas para o CSC. Concluiu-se que a proposta de vivenciar as boas práticas ecoeficientes no dia a dia do campus é a forma mais eficaz de ensinar e aprender sobre Sustentabilidade. As boas práticas propostas foram compiladas em uma planta geral de intervenções baseada nos referenciais teóricos e princípios da Infraestrutura Verde, Ecoeficiência e da Economia Circular que identificam entre outras potencialidades, geração de energias limpas, maior economia para a instituição, requalificações bioclimáticas das edificações existentes para nortearem o crescimento do campus em direção ao Desenvolvimento Sustentável no Sul da Bahia, adotando soluções adaptadas à climatologia local, cumprindo o seu papel educador de ensinar, sendo o exemplo.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 6268416 - FRANCISCO JOSE GOMES MESQUITA
Interno - 1041340 - LEONARDO EVANGELISTA MORAES
Presidente - 1563747 - MARCOS EDUARDO CORDEIRO BERNARDES
Notícia cadastrada em: 17/06/2019 10:12
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - e33c4dc5c916.inst1