Banca de DEFESA: CRISTIANE RABELO SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CRISTIANE RABELO SANTOS
DATA : 17/10/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Campus Sosígenes Costa - Sala Barra Velha - Link: https://mconf.rnp.br/webconf/csc-1
TÍTULO:

O CAMPUS COMO LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE: ESTRATÉGIAS DE PROJETO PARA MELHORESDESEMPENHOS AMBIENTAIS DAS INSTITUIÇÕESNO SUL DA BAHIA


PALAVRAS-CHAVES:

Conforto Ambiental,Ecodesign, Ecoeficiência, Infraestrutura Verde,Energias Renováveis.


PÁGINAS: 179
RESUMO:

O modo como as intervenções humanas são realizadas no meio físico geram impactos socioambientais, econômicos, ecossistêmicos, abreviados nesta pesquisa como“impactos integrados” que podemser negativos ou positivos. Se por um lado, os impactos podem agravar a escassez de recursos, por outro lado podem mitigar diversos riscos, contribuindo positivamente para a sobrevivência das espécies, melhorias da qualidade de vida, uso de recursos renováveis, entre outros resultados positivos.Os ArquitetosUrbanistas, projetistas e gestores são atores de desenvolvimento das cidades e atuam com responsabilidadesproporcionaisaos impactos gerados nos locais de intervenção.AInstituição de Ensino Superior possuielevadopotencial para transformar a realidade do meio físico, pois ao se tornarbomexemplo, pode contagiar pessoase formar agentes multiplicadores de boas práticasque melhoram os desempenhos ambientaisnos locais de convívio. Este potencial educador pode ser direcionado à Sustentabilidade, desafio que motivou apesquisacom o foco nos temas da Ecoeficiência e Bioclimatologia aplicada àArquitetura e ao Urbanismo. Foi escolhido como objeto de estudo o Campus da Universidade Federal do Sul da Bahia em Porto Seguro. Os papéis simultâneos como autora da pesquisa e arquiteta urbanista daUFSB favorecem a troca de lições aprendidas e a retroalimentação da pesquisa para os projetos emdesenvolvimento e vice-versa. A pesquisa foidesenvolvida em cinco etapas que contemplam:primeira etapa-Estudo de Boas Práticasbaseadona Revisão Literária; segunda etapa-Pesquisa Exploratória que envolve visitas de campoe entrevistasem universidadesnacionais e internacionaispara vivenciar práticas com elevados desempenhos ambientaisnas instituições destacadas na pesquisa; terceira etapa-Projeto Piloto;quarta etapa-Estudos de Caso: Universidade de São Paulo; Freie Universität Berlin e os projetosdas instituições: “Waldorf School Uhlandshöhe”-Escolade Energia Zeroe BraunschweigUniversity; quinta etapa-Elaboraçãodo Plano de Ações de Baixo Impacto Integrado, resultante desta pesquisaque contempla diretrizes e estratégias que direcionam odesenvolvimento dos projetos para melhorias de desempenho ambiental dos espaçosde ensino. Foi gratificante concluir que é viável reduzir impactos integrados através de projetos e ações que sensibilizam os usuários do campus a adotarem práticas de consumoconscienteatravés da pedagogia do exemplo. Uma das missõesda Universidade podeser aproximar a sociedade da Sustentabilidade, sendo um bom exemplo, exercendo seu papel educador, contagiando alunos, funcionáriose visitantes que podem replicarações, reduzindo impactosnegativospor onde passam. Vivenciar boas práticasno espaço de ensinopode ser uma das formas mais eficazes deensinar e aprender sobreSustentabilidade, pois contribui para torná-lo um Laboratórioonde podem ser desenvolvidas ações e tecnologias ambientaisdirecionadas à renovação dos recursos naturaise do cenário atual.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 016.881.015-86 - ALLÍVIA ROUSE CARREGOSA RABBANI - IFBA
Presidente - 109.908.525-04 - ASHER KIPERSTOK FIRST - UFBA
Interno - 1041340 - LEONARDO EVANGELISTA MORAES
Externo à Instituição - MARIA LIDIANE MARQUES - IFBA
Notícia cadastrada em: 11/10/2019 11:57
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - e33c4dc5c916.inst1