Banca de DEFESA: ELISSANDRO SANTOS ROCHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELISSANDRO SANTOS ROCHA
DATA : 05/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Teixeira de Freitas
TÍTULO:

QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO ITANHÉM, ENTRE OS MUNICÍPIOS DE MEDEIROS NETO E TEIXEIRA DE FREITAS, BAHIA


PALAVRAS-CHAVES:

monitoramento; parâmetros físico-químicos; poluição hídrica; recursos hídricos


PÁGINAS: 53
RESUMO:

A bacia do rio Itanhém no Extremo Sul da Bahia é responsável pelo abastecimento de água nos municípios de Medeiros Neto e Teixeira de Freitas e recebe diariamente inúmeras cargas de efluentes domésticos e industriais, que comprometem a qualidade de suas águas. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a qualidade da água e identificar os grupos de poluição ou contaminação presentes do rio Itanhém com base nos parâmetros físicos, químicos e microbiológicos, nos trechos entre os municípios de Teixeira de Freitas e Medeiros Neto, no período de agosto de 2018 a julho de 2019, e comparar com os parâmetros estabelecidos na resolução CONAMA 357/2005. Foram realizadas 12 coletas, em oito pontos localizados dentro dos perímetros urbanos e fora desses núcleos, no intuito de verificar o nível de interferência da localização. Os dados dos parâmetros Oxigênio Dissolvido (OD), potencial hidrogeniônico (pH), potencial de oxi-redução (mVORP), salinidade (PSU), condutividade elétrica (CM), sólidos totais dissolvidos (TDS) e temperatura (TEMP) foram obtidos por meio da sonda multiparamétrica HI 9829 HANNA Instrumentos®, com leituras realizadas, in loco. Somando-se aos parâmetros citados, foram realizadas análises em laboratório para a obtenção da Amônia, Nitrito e Nitrato, DBO e Coliformes Termotolerantes. Todos os parâmetros analisados foram utilizados para medir a qualidade da água do rio em destaque, tanto nos pontos mais próximos a aglomerações urbanas, nos quais foram constatados lançamentos de efluentes com cargas elevadas de matéria orgânica, que comprometem a qualidade da água, quanto nos mais distantes das zonas urbanas, os quais, por conseguinte, estão mais afastados dos pontos de despejo de efluentes. Com o objetivo de avaliar os impactos gerados por atividades econômicas desenvolvidas no entorno do rio, realizou- se também um estudo, através do ArcGis®, para verificar as culturas desenvolvidas dentro da bacia hidrográfica em estudo. Tal procedimento foi realizado a fim de obter dados comparativos entre pontos próximos aos lançamentos de efluentes e outros mais distantes destes. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva, teste de Shapiro-Wilks, teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis, análise de variância, teste Tukey (paramétrico) ou Wilcoxon (não-paramétrico). Também foi realizado a análise de correlação de Pearson (paramétrica) ou Spearman (não-paramétrica). Todas as análises foram realizadas ao nível de 5% de probabilidade (P<0,05). Realizou-se análise de componentes principais, a fim de reduzir a dimensionalidade dos dados e gerar um índice com os parâmetros estudados. Observou-se que, nos pontos mais próximos a aglomerados urbanos, a água pode ser considerada ruim, ao apresentar diferentes parâmetros em desconformidade com a resolução CONAMA 357/2005, e, à medida que os pontos de coletas foram se afastando das cidades, a qualidade da água apresentou valores, para os mesmos parâmetros, dentro do recomendado pela referida resolução, o que indica que, no Rio Itanhém, o fenômeno da autodepuração pode ser observado. A ocorrência desse fenômeno não exclui os cuidados demandados por esse curso d’água, de modo que se busque monitorar e reduzir o lançamento direto de efluentes não tratados, na sede de Medeiros Neto e no seu distrito Nova Lídice, e tratados, próximo à cidade de Teixeira de Freitas, além de diversas atividades agrícolas e pecuárias desenvolvidas na bacia do rio, que tem como fator agravante a ausência de matas ciliares em diversos pontos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1932539 - JOAO BATISTA LOPES DA SILVA
Interno - 548.407.245-04 - MARCUS LUCIANO SOUZA DE FERREIRA BANDEIRA - IFBA
Externo ao Programa - 004.272.067-23 - JORGE LUIZ FORTUNA - UNEB
Externo ao Programa - 1361004 - JOANNA MARIA DA CUNHA DE OLIVEIRA SANTOS NEVES
Notícia cadastrada em: 04/05/2020 14:41
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - 9b93845ea577.inst1