Banca de QUALIFICAÇÃO: WINNIE AGUIAR VIRGENS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WINNIE AGUIAR VIRGENS
DATA : 30/11/2020
HORA: 15:00
LOCAL: modo virtual
TÍTULO:

Florística, Fitogeografia e Conservação na Mata Atlântica: uma experiência nas cabrucas do Assentamento Pau-Brasil, Extremo Sul da Bahia


PALAVRAS-CHAVES:

cacau; diversidade vegetal; Fitogeografia; Floresta Ombrófila Densa Submontana; Hileia Baiana.


PÁGINAS: 85
RESUMO:

A faixa de Florestas Ombrófilas pertencentes ao sul da Bahia e norte do Espírito Santo é um dos principais centros de endemismo da Mata Atlântica e possui vasta riqueza de espécies. O sistema cabruca, assegurou grande parte da conservação da biodiversidade e riqueza da região, enquanto outros lugares do bioma sofriam, de maneira mais intensa, com a fragmentação. O Assentamento Pau-Brasil, Itamaraju-BA, é uma área com cacau cabruca implantado há cerca de 91 anos e possui um vasto remanescente florestal. Esta pesquisa teve como objetivo, realizar a caracterização florística dos fragmentos com plantios de cacau da área, conduzir uma análise fitogeográfica através da comparação do local com as florísticas de outros locais de Mata Atlântica e elaborar uma lista de espécies nativas comercializáveis para geração de renda alternativa para -os moradores locais. Foram realizadas 32 expedições de coletas, com aproximadamente 1.800 amostras de plantas vasculares pertencentes a 90 famílias, 222 gêneros e 369 espécies, registradas em quatro fitofisionomias: 1) matas em cabrucas; 2) matas ciliares; 3) vegetação em lajedos; e 4) áreas perturbadas. Foram encontradas quatro novas espécies pertencentes às famílias Araceae, Connaraceae e Salicaceae, 63 spp. endêmicas do bioma Mata Atlântica e 15 spp. ameaçadas de extinção. A peculiaridade da área indica um baixo nível de similaridade com as demais, sendo mais compatível às Áreas de Preservação Ambiental e ao Jardim Botânico FLORAS, devido, principalmente a influência antrópica nestes locais e o compartilhamento de espécies de áreas manuseadas. O levantamento bibliográfico científico e etnobotânico apresentou, inicialmente, um ranking de 30 espécies nativas com maior potencial de uso, distribuídas em 19 famílias, sendo, a mais representativa, Fabaceae (20%), e o hábito arbóreo (73%) o mais expressivo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1782304 - JAILSON SANTOS DE NOVAIS
Interno - 034.751.739-05 - CAROLINA WEBER KFFURI - UFSB
Externo ao Programa - 1802621 - CRISTIANA BARROS NASCIMENTO COSTA
Notícia cadastrada em: 21/10/2020 10:49
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - 9b93845ea577.inst1