Banca de QUALIFICAÇÃO: TICIANE DOS SANTOS VIANA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TICIANE DOS SANTOS VIANA
DATA : 23/08/2019
HORA: 17:00
LOCAL: Campus Sosígenes Costa - Sala Trancoso 1 - Link: https://mconf.rnp.br/webconf/csc-2
TÍTULO:

"Efetividade da Gestão das Unidades de Conservação Marinhas da Costa Brasileira".


PALAVRAS-CHAVES:

Áreas Marinhas Protegidas, Efetividade de Gestão, Plano de Manejo, Governança.


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Os ambientes marinhos possuem um papel imprescindível no ecossistema terrestre, ainda assim mais da metade dos oceanos estão sob algum tipo de ameaça, relacionadas principalmente a ações antrópicas. Um dos meios mais eficazes para proteger a biodiversidade marinha e costeira é através do estabelecimento Áreas Marinhas Protegidas (AMPs). Todavia, embora estas áreas protegidas apresentam-se como uma estratégia importante para a conservação e sustentabilidade, apenas uma gestão eficiente proporcionará o alcance dos objetivos de sua criação. Gestores de APs, tanto marinhas quanto terrestres, enfrentam muitos desafios dentre os quais pode-se citar: falta de recursos financeiros, ausência de pessoal, infraestrutura inadequada, conflitos com populações locais e capacitação ineficiente dos técnicos. Assim, estudos que avaliem a efetividade da gestão de UCs são essenciais para o fornecimento informações que auxiliem os gestores e tomadores de decisões na gestão destas áreas, evitando assim que elas são se tornem apenas “unidades de conservação de papel”. Existem diversos métodos para avaliação da efetividade de gestão de AP, dentre eles encontra-se o Rapid Assessment and Prioritization of Protected Area Management (RAPPAM). Seu objetivo é permitir uma avaliação rápida da eficácia da gestão de UCs independente da sua classificação ou localização. Contudo este modelo considera apenas a perspectiva do gestor, desprezando a visão de atores que desempenham papel crucial na gestão. Assim, este trabalho objetiva avaliar a efetividade da gestão de 11 AMPs da Costa Brasileira, comprando os resultados de quando apenas os gestores participam da avaliação, quando a perspectiva do conselho gestor também é considerada e ainda a eficácia sob a ótica dos pesquisadores atuantes nestas áreas, que na maior parte dos casos contribuem direta e indiretamente na gestão da UC.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1148721 - CARLOS WERNER HACKRADT
Interno - 3072612 - ELFANY REIS DO NASCIMENTO LOPES
Notícia cadastrada em: 16/08/2019 10:50
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - e33c4dc5c916.inst1