Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSCELIA MONTEIRO SANTOS DE BRITO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSCELIA MONTEIRO SANTOS DE BRITO
DATA : 09/10/2020
HORA: 10:00
LOCAL: webconferência: https://meet.google.com/yay-jcmh-rhw
TÍTULO:

Percepção ambiental dos moradores de Caraíva com foco em saneamento

 

PALAVRAS-CHAVES:

Saneamento ambiental, percepção ambiental, qualidade ambiental.

 

PÁGINAS: 94
RESUMO:

O saneamento representa um instrumento essencial para manutenção da qualidade ambiental, bem-estar e saúde humana e o estudo da percepção ambiental pode fornecer instrumentos para superar impasses relacionados a essa temática, uma vez que proporciona uma tomada de consciência das problemáticas ligadas ao ambiente vivido. Deste modo, reconhecendo a carência de informações acerca das questões de saneamento da área de estudo, a investigação que se apresenta tem como objetivo analisar a percepção ambiental dos moradores de Caraíva (BA) quanto ao saneamento, na perspectiva de contribuir com informações que possam subsidiar programas e estratégias de educação e gestão ambiental, visando colaborar com a saúde, a qualidade de vida e desenvolvimento sustentável da população local. Para isso, foram realizadas entrevistas com perguntas abertas e fechadas com 77 moradores de imóveis de uso residencial e misto e observações participantes entre os meses de novembro de 2019 e março de 2020 somente na vila histórica de Caraíva. Os resultados são apresentados a partir de dois artigos, o primeiro apresenta as condições sanitárias de Caraíva e a avaliação da qualidade ambiental por seus moradores e o segundo objetiva identificar e analisar a percepção dos moradores quanto aos problemas de saneamento, bem como, responsabilidades e expectativas. Como resultado preliminar, foi constatado que o distrito de Caraíva tem muitos moradores não naturais enquanto os nativos encontram-se em áreas vizinhas. A vila possui um saneamento deficiente cujos problemas são acentuados pela população flutuante advinda do turismo. Além disso, é possível concluir que os moradores conseguem identificar aspectos que influenciam negativamente o ambiente devido o saneamento inadequado e, os mesmos atribuem ao poder público a responsabilidade para empreender as melhorias necessárias, seja através de infraestrutura ou intervenção educacional e de conscientização.

 

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1782304 - JAILSON SANTOS DE NOVAIS
Externo ao Programa - 2250633 - FREDERICO MONTEIRO NEVES
Externo ao Programa - 1955705 - GABRIELA NAREZI
Notícia cadastrada em: 09/09/2020 14:22
SIGAA | Pró-Reitoria de Tecnologia de Informação e Comunicação -   | Copyright © 2006-2020 - UFSB - e33c4dc5c916.inst1